sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Eu sou EGOÍSTA!!!!!!!!!


Como mastigar areia, é incômodo e intragável ter que admitir.
Eu sou egoísta, mais incômodo ainda porque eu não gosto desta terminação "ista" porque ela julga, define, rotula.
Mas tudo no meu miserável coração tende a girar em torno de mim mesma, e eu observo do centro, sem querer sair dali.
Eu quero tudo para mim, por minha causa. Tudo afinal de contas deve ser diagnosticado em; se eu estou bem ou não, se eu tenho ou não. No final de cada dia me pergunto, foi bom pra mim? Acho graça do trocadilho, mas uma graça sem graça, envergonhada, pensando agora, como sou pequena. Uma criança birrenta.  Quase todas as pessoas evitam falar de seus próprios defeitos, por qual motivo senão pelo ego?
 Eu me pego pensando que o ano foi bom, que sou privilegiada, afinal de contas tanta tragédia aconteceu por aí, e eu moro num país tropical abençoado por Deus e aqui, perto de mim, não desabaram cidades inteiras, ninguém que eu amo ficou soterrado, ou morreu vítima de violência, vítima de qualquer coisa, e isso é motivo de alegria, porque não foi comigo, ou com alguém que eu amo. Foi com um próximo mais distante...
Agora visto desta maneira nem há tanta alegria.
Lamento que a minha solidariedade só lamente.
Eu amo...
Até o meu amor é egoísta, porque me pergunto se entre ser feliz e vê-los felizes (sem mim), que escolha  seria verdade? Eu amo então? Quando sofremos, decepções e perdas sofremos porquê temos uma autopiedade, pela falta que sentiremos, pela frustração da expectativa e dos planos que o EU construiu, com aqueles e não por eles.
Eu os quero bem, porque eles me fazem bem e mais uma vez essa é a questão.
Mas eu faço o bem, tenho boas ações, acho indispensável , é ótimo ajudar o próximo, repartir, usar de gentileza, para ter uma consciência mais leve, mais em paz.
 Então o bem que faço também é para o meu próprio.
E estamos sempre insatisfeitos com alguma coisa, e nos convencemos que poderia ser melhor, que as coisas poderiam ser mais fáceis, a felicidade mais duradoura, tudo um pouco mais favorável para nós, como quem diz mesmo sem dizer; se eu fosse Deus faria melhor do que Ele.
Não estou mais pessimista neste texto, estou mais consciente, ainda assim inconformada tentando melhorar. Como Paulo um dia disse de si mesmo: Miserável homem que sou...
A moral da história é cinza. Não há orgulho em mim ao concluir, não sou assim uma alma falsa, sem coração e  insensível.  A reflexão  não é só sobre mim,  também não é sobre tudo em todos, mas é sobre todos, nós somos assim. Alguns admitem outros não, mas temos uma natureza egoísta, incapazes de nos importar com os outros, a ponto de nos colocarmos no lugar deles.
Subestimo e tiro o encanto das relações e sentimentos ou desvendo o feio por detrás do romance quer criamos? Você escolhe o ponto de vista, eu já acho saudável o questionamento.


Kelly Rodrigues.

3 comentários:

Anônimo soltou o verbo...

O EU E ALGO PERIGOSO... LEMBREI DE UMA PROFESSORA DE PSICOPATOLOGIA FALANDO SOBRE NARCISISMO...POBRE EU...FALAVA DELA MESMA...FICOU GRAVADO NA MINHA MEMORIA EXEMPLOS DE SUA VIDA NARCISISTA...O EU NOS LEVA A VARIOS LUGARES E VARIAS DIMENSOES. NOSSO SELF...O PONTO MAIS FORTE QUE ACHO E COMO VOU ESTAR BEM COM MEU EU...PASSANDO COM OS OUTROS OU POR CIMA DOS OUTROS... BJOS NEGA KELLYNHAAA DO MEU CORAÇAO....FABIANA.

Diego Dias soltou o verbo...

Creio que no fim das contas não existe ação altruísta... Por mais que nos esforcemos para fazer algo em pró do próximo, sempre acaba nos afetando de forma individual, sem a gente perceber. Quem não se sente orgulhoso de si mesmo ao ajudar alguém? Quem não se sente a pessoa mais miserável do mundo ao deixar um animal ferido alí mesmo, sofrendo ao invés de apanhá-lo? Não acho que isso seja de todo ruim, mas claro, é uma faca de dois gumes que devemos tomar cuidado para não cortar do lado errado rs

Beijão!

'Glenda Barros soltou o verbo...

É...Somos assim mesmo, todos egoístas que têm as próprias vontades como prioridade. Ajudar, ou se colocar no lugar do outro, nem é opção pra nós. E isso não é algo vergonhoso de se admitir, já tá impregnado no carater da gente, já vem programado, e o código de acesso só é liberado quando o nosso EU morre completamente...
Tu é fera demais viu, texto incrível.
Tua fã!
Saudades
beijos

Opine aqui, comente!

Pessoas que tem algo a dizer, uma opnião a defender, não é necessário sempre concordar, são cérebros ativos que são bem-vindos por aki.